CASA DO POVO

CASA DO POVO

quarta-feira, 16 de outubro de 2019

Tabata Amaral diz que vai à Justiça para sair do PDT sem perder mandato

Foto: Reprodução / TV Cultura
A deputada federal Tabata Amaral, disse em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura. na segunda-feira (14), que entrará com uma ação na Justiça Eleitoral para tentar sair do PDT sem perder seu mandato.
Tabata afirmou que além dela, outros seis deputados dissidentes na votação da reforma da Previdência, do PDT e do PSB, também deverão mover ações judiciais individuais com a mesma intenção de deixar as siglas sem que sejam enquadrados por infidelidade partidária.
Na entrevista, a deputada ainda disse que "não há diálogo com o PDT", que o partido "não foi leal" e que alguns parlamentares se sentiram alvo de uma exposição partidária "completamente desproporcional".
"O PDT deixou de ser meu partido. Não atuo mais como vice-líder, os projetos que eu tinha em São Paulo foram cancelados. Eu estava construindo esse partido. Tudo isso foi cancelado", afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário