CASA DO POVO

CASA DO POVO

segunda-feira, 28 de outubro de 2019

MP denuncia gerente de banco suspeito de racismo contra cliente

Foto: Reprodução/Facebook
O Ministério Publico da Bahia (MP-BA), denunciou o gerente de banco suspeito de racismo contra um cliente, em fevereiro deste ano.
O caso ocorreu em 19 de fevereiro, dentro da agência que era administrada pelo suspeito, no bairro do Dois de Julho, após uma discussão com a vítima, que na confusão chegou a receber um mata-leão de um policial militar.
As investigações policiais apontam que a situação começou depois que a vítima, identificada como Crispim Terral de Souza, procurou pelo suspeito, João Paulo Vieira Barreto, para cobrar atendimento após 6h de espera.
Na denúncia, a promotora do caso, Lívia Vaz, afirma que o "acusado praticou discriminação racial, ao conferir tratamento discriminatório à vítima, que, além de ter sido tratada de forma diferenciada em relação aos demais clientes da agência, foi apontado como 'esse tipo de gente' pelo denunciado, que exigiu que os policiais algemassem Crispim, ainda que este não tenha cometido qualquer delito".
De acordo com o MP, o texto contra João Paulo foi encaminhado para a Justiça no dia 11 de outubro. O caso ainda está em avaliação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário