CASA DO POVO

CASA DO POVO

quinta-feira, 5 de setembro de 2019

Polícia pede prisão de seguranças que torturaram jovem de 17 anos em São Paulo

Foto: Divulgação
A polícia solicitou a prisão cautelar dos dois seguranças que torturaram um jovem negro de 17 anos em um supermercado da cidade por tentar furtar uma barra de chocolate. O caso aconteceu em São Paulo. 
De acordo com o site UOL, o delegado Pedro Luis de Sousa, do 80º DP (Distrito Policial), na Vila Joaniza, confirmou a informação. Na última segunda-feira (2), o estudante denunciou os dois seguranças para a polícia, quase dois meses depois do ocorrido, em julho.
Por medo de represálias, a vítima não fez o Boletim de Ocorrência logo após o ocorrido. “Na saída do supermercado, ouviu S. [um dos seguranças acusados] dizer que, caso falasse algo para alguém, iria matá-lo.”, diz o boletim.
O jovem foi agredido dentro de uma unidade do supermercado Ricoy e as cenas da tortura foram filmadas pelos agressores. Ao tomar conhecimento, o estabelecimento afirmou que os seguranças foram afastados de suas atividades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário