CASA DO POVO

CASA DO POVO

segunda-feira, 22 de julho de 2019

Após ataque a governadores do NE, ato com Bolsonaro na Bahia é inflado com rivais do PT


Jair Bolsonaro
Em momento de tensão com o eleitorado do Nordeste, em razão das críticas flagradas na última sexta (19), o presidente Jair Bolsonaro pretende usar ato na Bahia, na próxima terça (23), para virar o jogo em território inimigo. No fim de semana, o Planalto decidiu dobrar o número de convidados da inauguração do aeroporto de Vitória da Conquista –originalmente uma festa fechada para 300 pessoas. Além disso, escalou rivais do governador Rui Costa (PT) para discursar no evento. Partiu de Rui Costa a iniciativa de rever a lista. Ele havia identificado a presença maciça de críticos e queixou-se ao Planalto. Mas enquanto o número total espichou para 600 convidados, a cota do governador petista subiu apenas de 70 para 100 nomes. Proporcionalmente, a presença de seus apoiadores encolheu. O desconforto é tamanho que aliados de Rui Costa passaram a defender publicamente neste domingo (21) que ele não vá à cerimônia. Apoiadores dizem, porém, que 1) ele sugeriu a festa e 2) o aeroporto é um feito politicamente relevante.
Folha de S. Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário