CASA DO POVO

CASA DO POVO

quarta-feira, 8 de maio de 2019

Policiais militares são promovidos diretores em unidades do Colégio da Polícia Militar

Foto: Reprodução
Os colégios da Polícia Militar (unidade Dendezeiros e unidade Candeias) estão em festa, depois que dois diretores foram promovidos, conforme publicação na edição desta sterça-feira (7) no Diário Oficial do Estado. O Tenente Coronel da PM Nilton Cezar Machado Espindola foi nomeado para o posto de Coronel e o Major da PM, Antonio do Nascimento Lopes ao de Tenente-Coronel - Machado Diretor da unidade Dendezeiros e Lopes da unidade Candeias.

Esta promoção é um reconhecimento do trabalho que vem sendo realizado por estes gestores a frente destas unidades, transformando o ensino e retomando a tradição de disciplina e vanguarda do Colégio da Polícia Militar do Estado da Bahia. 

Ganha a Sociedade Baiana com a ascensão de Machado ao posto de Coronel e Lopes ao posto de Tenente-Coronel. “Inicialmente gostaria de agradecer a Deus por ter me dado o dom de ser o policial que sou, agradeço imensamente ao meu avô, Antonio Lopes por ter sido a  pessoa exemplar que foi,  meus pais que sempre me guiaram no caminho certo juntamente com meus irmãos que desde de pequeno sempre foram meus melhores amigos, minha esposa e filhas que me deram apoio e tiveram paciência para suportar minhas ausências, meus amigos que me acrescentam com os conhecimentos e que vibram comigo a cada vitória. Sem vocês, eu não teria vitória, ouso a dizer que não teria nem batalha para combater. Agradeço imensamente a todos a energia, a torcida e agora a comemoração”, pontua Lopes.
Já Machado afirma que "atingir o posto máximo na corporação é um coroamento de uma caminhada iniciada a 32 anos quando ingressei na Academia da Polícia Militar do Estado da Bahia". "Neste momento tenho que agradecer a minha mãe pela educação, a minha querida esposa pela paciência e a todos os amigos que contribuíram para este momento. O trabalho em prol da sociedade baiana não para com a promoção ao posto de Coronel, muito pelo contrário, só faz aumentar a responsabilidade em contribuir com a Segurança Pública”, mencionou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário