CASA DO POVO

CASA DO POVO

sexta-feira, 1 de março de 2019

Fux se diz impedido de julgar pedido de liberação de João de Deus; outro será escolhido

Foto: Reprodução
Devido a questões de foro íntimo, o ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), se declarou impedido de julgar um habeas corpus solicitado para o médium João de Deus, que é  acusado por abusos sexuais durante atendimentos espirituais em Abadiânia.
A solicitação de liberdade agora será redistribuída para um dos outros magistrados da corte. Na quinta (28), João de Deus teve um pedido de habeas corpus negado pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Nefi Cordeiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário