CASA DO POVO

CASA DO POVO

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

Serra, Aécio, Cabral e mais 18 políticos são delatados por OAS

Foto: Pedro França/Agência Senado
Ex-funcionários da empreiteira OAS delataram um grupo de 21 políticos que teriam recebido fundos de propina e Caixa 2 da empresa, entre 2010 e 2014. A informação é do jornal O Globo, repercutida pelo Notícias ao Minuto.
Os depoimentos foram homologados pelo STF. Segundo os executivos da empresa, os valores correspondem a R$ 125 milhões.
Entre os acusados de receber fundos ilegais estão o ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (MDB-RJ), o senador José Serra (PSDB-SP), o deputado federal Aécio Neves (PSDB-MG) e o ex-prefeito do Rio, Eduardo Paes.
O esquema de propinas pagas pela OAS envolvia ainda o superfaturamento de obras, como estádios da Copa de 2014, a transposição do Rio São Francisco, o Porto Maravilha, no Rio, e a Ferrovia de Integração Oeste-Leste, além de empreendimentos no exterior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário