CASA DO POVO

CASA DO POVO

segunda-feira, 7 de janeiro de 2019

CEARÁ:

Foto: Reprodução
Entre a noite de domingo (6) e a madrugada desta segunda-feira (7), criminosos voltaram a cometer ataques no Ceará em represália à promessa do Governo do Estado de acabar com domínio de facções no estado, que foi o estopim para série de ataques ordenados por presidiários. Os marginais incendiaram uma estação ambiental em Icapuí, no litoral do estado, e veículos em uma oficina na capital
Em todo estado, chegou a 115 o número de ações criminosa desde o início da onda de violência. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), 110 pessoas suspeitas de participação nos crimes foram capturadas, e dois homens morreram em confronto com policiais.
Uma embarcação do Corpo de Bombeiros foi destruída em um incêndio na Barra do Ceará, na capital, porém os bombeiros não confirmaram se o caso está relacionando à onda de ataques no Estado.
A estação ambiental incendiada fica localizada na Praia de Requenguela, no município de Icapuí. O incêndio no local teve início por volta das 23h. De acordo com a Polícia Militar, equipes do Corpo de Bombeiros foram acionados para conter as chamas. Na estação ambiental atingida eram desenvolvidos projetos sociais que incentivavam a economia sustentável por meio da produção local de produtos com matéria-prima da região.
Em Fortaleza, por volta de 1h desta segunda-feira (7), o alvo foi uma oficina mecânica que presta serviços para a Enel, empresa responsável pelo fornecimento de energia. Dois veículos foram destruídos pelas chamas. O fogo foi contido pelo proprietário do local com a ajuda de vizinhos.
TRANSFERÊNCIA PRESOS
O Governo do Ceará também  afirmou na noite deste domingo que iniciou a transferência de chefes de facção para presídios federais. Um dos chefes já foi transferido para um presídio federal em outro estado, ainda não informado, e outros 19 membros de organização criminosa serão levados a outras unidades. O governo estadual disse que aguardava uma questão logística para levá-los.

Nenhum comentário:

Postar um comentário