CASA DO POVO

CASA DO POVO

quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

STF dá 15 dias para Eduardo Bolsonaro se defender de denúncia

Foto: Reprodução/Reutrs
Nesta quarta-feira (12), o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) seja notificado a apresentar em um prazo de 15 dias sua defesa em relação à denúncia da Procuradoria-Geral da República.
A PGR acusa o filho do presidente eleito Jair Bolsonaro de crime de ameaça contra a jornalista Patrícia Lellis, que trabalhava no PSC, partido antigo de Eduardo.
Segundo o portal G1, a denúncia foi feita em abril pela PGR, que apresentou o conteúdo das mensagens que Eduardo enviou à jornalista pelo aplicativo Telegram.
"Sua otária! Quem vc pensa que é? Tá se achando demais. Se vc falar mais alguma coisa eu acabo com sua vida", disse o deputado .
"Vc vai se arrepender de ter nascido. O aviso está dado. Mais uma palavra. E eu vou pessoalmente atrás de vc. Num pode me envergonhar", afirmou ele, em outra mensagem.
A PGR chegou a fazer uma proposta de acordo para suspender o processo, como por exemplo o pagamento de multa de R$ 50 e a prestação de serviços à comunidade, mas ele se disse inocente e recusou o acordo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário